a congregação

Apostolado social

Apostolado Social

"Convencidas de que Deus continua trabalhando no mundo a favor da dignidade humana, nos confirmamos em que o Apostolado Social é um eixo que tem que atravessar todas as ações e a própria vida. Buscamos ajudar a que as estruturas de toda a convivência humana expressem a justiça e a caridade e oferecer um serviço evangélico àqueles que mais sofrem."
(Det CG XVII, 13)

Na noite da última terça feira, 10, foram concluídos os trabalhos missionários na paróquia de Nossa Senhora do Rosário, em Cataguases. Na Santa Missa, presidida pelo Pe. José Carlos Leite, em ação de graças por tudo o que foi realizado nesses dias, estavam presentes os trinta e oito missionários, bem como a equipe de coordenação, membros das diversas pastorais e de todas as comunidades da paróquia.

Pe. Leite externou sua alegria ao ver as sementes da evangelização plantadas no terreno da paróquia. No discurso de agradecimento, em nome de toda a comunidade paroquial, o seminarista Maycon Zeni ressaltou as difíceis condições, haja vista o forte calor vivido em Cataguases nos últimos dias. Citando Santo Inácio de Loyola, concluiu: "Para aqueles que creem, nenhuma explicação é necessária; e para aqueles que não creem, nenhuma explicação é possível".

No fim da celebração, o coordenador da missão, Prof. Carlos Eduardo Cardozo, demonstrou sua gratidão ao Pe. José Carlos, que acolheu a proposta de braços abertos, e ao seminarista Maycon, pela colaboração nos trabalhos. As secretárias Cida e Aninha e as equipes de cozinha, coordenadas por Nilcéa e Lurdinha, também foram lembradas.

Os missionários receberam como lembrança uma bíblia com uma capa personalizada de Nossa Senhora do Rosário. Após a Santa Missa a congregação das Filhas de Jesus ofereceu um lanche para todos, proporcionando assim um último momento de confraternização. Rezemos ao Senhor da messe para que suscite novas vocações sacerdotais, religiosas e missionárias do meio de seu povo.

Autor: Maycon Zeni Gonçalves

Fonte: www.dioceseleopoldina.com

As Filhas de Jesus estamos sempre dispostas ao serviço da missão de Cristo e da Igreja, onde mais se necessite. Por isso, entregamos nossas vidas, enfrentando o desafio da interculturalidade, da inter-religiosidade e da vulnerabilidade social, na luta pela defesa da dignidade da vida humana.


Desta forma, o apostolado social está presente desde o início da Congregação:

"Ir aos povos mais necessitados de nossas escolas: ir aos povos mais necessitados de educação e evangelização, aos lugares mais necessitados de presença de Igreja ou onde esta é mínima; ir aos marginalizados, àqueles que ninguém presta atenção, aos que estão em lugares e situações de fronteira, onde a vida está mais ameaçada, onde vivem os mais pobres e menos favorecidos". (Leitura Vivencial e Atualizada da Fórmula da Congregação, LVAF nº 34)

Na atualidade, as Filhas de Jesus estão presentes diversos contextos de vulnerabilidade, tais como:

 Imigração: 

  • Atenção pastoral, promoção humana, documentação, escuta...
  • Acompanhar a estas pessoas em seu processo de regularização e integração para que possam ir situando-se como cidadãos autônomos e com recursos para que possam se manter por si mesmos;
  • Oferecer apoio, acompanhamento e seguimento laboral;
  • Favorecer a progressiva inclusão social em todos os níveis na sociedade de acolhida.
 Promoção da Mulher:
 

  • Buscamos oferecer às mulheres que estão em situação de grande exclusão social ou vulnerabilidade, um espaço de crescimento pessoal, no qual elas sejam as protagonistas na recuperação de sua própria dignidade;
  • Assistência a mulheres em situação de "violência doméstica"

 Pastoral Penitenciária:

Por meio deste apostolado se pretende:

  • Sensibilizar a Comunidade Cristã sobre os problemas dos presidiários
  • Promover e formar agentes de pastoral carcerária
  • Presença no Centro Penitenciário
  • Proximidade ao presidiário e defesa de seus direitos
  • Manter correspondência entre os presidiários e suas famílias
  • Atenção social e pastoral às famílias dos presidiários
  • Assistência e acompanhamento depois que saem da prisão
  • Coordenação de atividades em prol da promoção humana dos presidiários
  • Atenção pastoral e espiritual aos presidiários
  • Atividades culturais, desportivas e festejos

 Infância e adolescência em situação de risco e vulnerabilidade:

Por meio da atenção a meninos/as de rua, a menores de ambos sexos que, por diferentes causas, encontram-se em situação de risco ou desamparo, em internatos, em casas de acolhida...

  • Criar um clima educativo que potencie o desenvolvimento integral do menor e sua plena integração psicossocial
  • Apoiar a formação e promoção dos meninos e meninas e adolescentes através do reforço escolar e da formação humano-cristã
  • Oferecer recursos educativos e sociais que permita prevenir e identificar situações de risco de exclusão social, tratando de minimizar sua presença e influência e potenciando todos os aspectos positivos da vida dos/as meninos/as e adolescentes.
  • Visitas e acompanhamento a famílias em distintos lugares, encontros e acompanhamentos pessoais...

 Políticas Públicas:

  • Mobilização da comunidade para luta por definição e implantação de políticas públicas;
  • Formação de lideranças religiosas e leigas na busca de entendimento e organização na luta por políticas públicas que garantam os direitos sociais da comunidade;
  • Ações sociais em prol do estabelecimento de políticas públicas e defesa de direitos sociais.s?.

REDE FILHAS DE JESUS

Nós, as Filhas de Jesus, somos um grupo de mulheres que nos encontramos a partir de caminhos diversos. Diferentes por origem familiar, cultura, gostos e idades, mas, temos algo que nos une: desejamos seguir a Jesus, em resposta ao chamado que mudou nossas vidas e que vai transformando nossa maneira de entender e viver a realidade, servindo aos demais. "Educar Evangelizando e Evangelizar Educando" é a maneira que nos distingue no exercício da missão, sempre no compromisso com a construção de um mundo mais irmão.

Rua Lugdero Dolabela, 1021 - 6º andar
Gutierrez - Belo Horizonte - MG
CEP: 30.441-048

Tel: +55 (31) 3337-8755
Tel: +55 (31) 3337-2155